AB InBev cancela US$42,5 bi em empréstimos para aquisição após emissão de bônus

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016 13:21 BRST
 

(Reuters) - O grupo de bebidas AB InBev anunciou nesta quinta-feira que cancelou 42,5 bilhões de dólares de um empréstimo recorde de 75 bilhões de dólares para aquisição depois de realizar uma captação de bônus usada para pagar parte do crédito.

A companhia, que está comprando a rival SABMiller em uma aquisição de mais de 100 bilhões de dólares, afirmou que tinha levantado cerca de 47 bilhões de dólares líquidos por meio de uma emissão de 46 bilhões de dólares em bônus anunciada em 13 de janeiro e de um acordo de 1,47 bilhão divulgado sete dias depois.

A forte resposta de investidores ao bônus de 46 bilhões de dólares da companhia, que teve uma demanda de 110 bilhões de dólares, a maior já registrada por uma emissão de bônus, e o rápido pagamento são uma boa notícia para a companhia e os 21 bancos assessores, que tinham se comprometido com 4 bilhões de dólares cada para compor o empréstimo de aquisição.

"Isto é um grande alívio para os bancos, que podem reutilizar o capital. É uma transação bem sucedida, conseguimos grandes comissões sobre os bônus", disse um executivo de banco de investimento.

O empréstimo foi reduzido em 42,5 bilhões de dólares para 32,5 bilhões depois das emissões de janeiro. A AB InBev também optou por cancelar 12,5 bilhões de dólares de uma linha de crédito de 25 bilhões.