Hypermarcas vende área preservativos para Reckitt Benckiser por R$675 milhões

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016 20:30 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A fabricante de fármacos e produtos de consumo Hypermarcas anunciou nesta sexta-feira a venda de sua divisão de preservativos ao grupo britânico Reckitt Benckiser por 675 milhões de reais, em uma estratégia para redução de endividamento.

O valor do negócio será pago 20 por cento no ato da assinatura do acordo e o restante após a conclusão da operação, sujeita a "determinadas condições precedentes".

A divisão detém as marcas Jontex, Olla e Lovetex e faturou 100,2 milhões de reais em 2014, cerca de 2 por cento da receita líquida total do grupo brasileiro, que se aproxima cada vez mais de se focar exclusivamente do mercado farmacêutico.

Por seu lado, a Reckitt Benckiser, no segmento de preservativos detém a marca Durex. A empresa britânica ainda possui a marca de lubrificantes íntimos KY.

O acordo com o grupo britânico ocorre depois que a Hypermarcas anunciou em novembro a venda da área de cosméticos à francesa Coty por 3,8 bilhões de reais.

Segundo a Hypermarcas, os recursos com a venda da divisão de preservativos mais os gerados pela venda da área de cosméticos ajudarão a reduzir endividamento líquido que até o final de setembro era de 3,3 bilhões de reais, "o que levará a uma posição líquida de caixa positivo pro forma de cerca de 1,1 bilhão de reais".

As ações da Hypermarcas encerraram nesta sexta-feira em alta de 0,7 por cento, cotadas a 22,35 reais, enquanto o Ibovespa teve ganho de 4,6 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)