Abengoa entra com pedido de recuperação judicial para 3 subsidiárias no Brasil

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 18:50 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo espanhol de engenharia e energia Abengoa entrou com pedido de recuperação judicial junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro para três subsidiárias no Brasil, Abengoa Concessões, Abengoa Construção e Abengoa Greenfield, segundo nota da companhia nesta segunda-feira.

Os pedidos de recuperação foram apresentados em 29 de janeiro com objetivo de "minimizar os impactos da suspensão de alguns dos projetos em construção e alcançar uma solução que seja adequada para todas as partes interessadas e afetadas pela situação atual".

A empresa, cuja matriz na Espanha entrou com pedido de recuperação judicial no final do ano passado, paralisou todos os projetos em obras no Brasil, onde atuava principalmente no segmento de transmissão de energia elétrica.

A companhia disse em nota que "está disponibilizando todas as suas capacidades na elaboração de um plano (de recuperação judicial) que atenda aos seus parceiros, credores e colaboradores."

(Por Luciano Costa)