Brookfield retira oferta por fatia da OAS na Invepar, dizem fontes

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 21:19 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Brookfield Asset Management retirou a oferta para comprar a fatia de 24,4 por cento na Invepar detida pela OAS, por discordâncias sobre a gestão da empresa, disseram duas fontes com conhecimento direto da situação nesta segunda-feira.

A Brookfield não conseguiu chegar a um acordo com os parceiros da OAS na Invepar, os fundos de pensão Previ, Petros e Funcef, sobre a gestão da companhia, disseram as fontes, que pediram anonimato por causa da sensibilidade da questão. A Brookfield decidiu sair do negócio na semana passada, adicionou uma das fontes.

A venda da participação era fundamental para ajudar a OAS a avançar com seu plano de recuperação judicial, dias após um juiz aprovar seu plano de reestruturação.

A Brookfield havia oferecido pagar 1,35 bilhão de reais pela participação na Invepar.

A decisão significa que a OAS terá que publicar novos termos da venda da fatia em até cinco dias e realizar um leilão em um mês, disse uma das fontes. A empresa depende do sucesso do plano de recuperação para permanecer operacional, manter até 100 mil empregos e permanecer atualizada com fornecedores.

Nenhuma das fontes disse se há outros potenciais interessados na fatia da Invepar.

A saída da Brookfield do negócio foi noticiada primeiro pela coluna Radar, da revista Veja, na noite desta segunda-feira.

(Reportagem de Guillermo Parra-Bernal e Tatiana Bautzer)