Lucro da Exxon cai 58% e companhia reduz investimentos

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 15:05 BRST
 

(Reuters) - A petroleira Exxon Mobil divulgou nesta terça-feira o menor lucro trimestral em mais de uma década e disse que irá cortar os investimentos em 2016 em 25 por cento, além de suspender recompras de ações, enquanto lida com uma prolongada baixa nos preços do petróleo.

As ações da Exxon, a maior companhia aberta de petróleo do mundo, caíam cerca de 2,5 por cento nesta terça-feira, sendo negociadas a cerca de 74,30 dólares, atingidas por uma queda de mais de 3 por cento nas cotações do petróleo.

Os preços da commodity caíram cerca de 70 por cento desde um pico de mais de 100 dólares o barril em 2014. Os preços atuais, na casa dos 30 dólares, acionaram uma onda de cortes de gastos por petroleiras, que reduzem investimentos em novos poços e projetos para preservar o caixa.

A Exxon prevê investimentos de cerca de 23,2 bilhões de dólares neste ano, uma queda de 25 por cento ante 2015.

"Enquanto nossos resultados financeiros refletem o ambiente desafiador, continuamos focados nos fundamentos do negócio, incluindo execução de projetos e gerenciamento efetivo de custos", disse o presidente do conselho e presidente da companhia, Rex Tillerson, em nota.

Em outra iniciativa para economizar, a Exxon suspendeu um plano de recompra de ações no primeiro trimestre. No quarto trimestre, a companhia havia comprado 9,4 milhões de ações por 754 milhões de dólares

A Exxon, com sede no Texas, reportou que o lucro do quarto trimestre caiu para 2,78 bilhões de dólares, ante 6,57 bilhões no mesmo período do ano passado. O lucro do quarto trimestre foi o menor desde setembro de 2002.

Mais cedo na terça-feira, a BP anunciou uma perda anual de 6,5 bilhões de dólares, a maior de sua história. A rival norte-americana Chevron também reportou prejuízo na última sexta-feira.

(Por Anna Driver)