Argentina fecha acordo com credores italianos sobre dívida vencida

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 16:56 BRST
 

Por Richard Lough e Stefano Bernabei

BUENOS AIRES/ROMA (Reuters) - A Argentina fechou um acordo preliminar para pagar 1,35 bilhão de dólares em dinheiro a um grupo de credores italianos detentores de dívida soberana vencida decorrente do default do país em 2002, informaram investidores nesta terça-feira.

O acordo, que está sujeito a aprovação do Congresso da Argentina, representa o pagamento de 150 por cento sobre o valor principal de 900 milhões de dólares dos títulos vencidos.

"Isso significa o valor nominal total mais 50 por cento de juros", disse à Reuters Nicola Stock, presidente da Força Tarefa Argentina, grupo que reúne cerca de 50 mil credores.

Apesar de o presidente Mauricio Macri não ter maioria no Congresso, Stock disse esperar que os parlamentares aprovem facilmente o acordo assim que voltarem do recesso no início de março.

"Nós temos que discutir isso com supervisor do mercado italiano e com o Tesouro devido a alguns detalhes, mas eu estou confiante de que os credores italianos podem sair de férias com seu dinheiro no bolso", disse Stock.

O ministro de Fazenda da Argentina, Alfonso Prat-Gay, disse mais cedo que os investidores italianos respondem por 30 por cento de toda a dívida que é alvo de processos legais nos Estados Unidos e 15 por cento da dívida vencida que não foi reestruturada em 2005 e 2010. A Argentina deu calote em 100 bilhões de dólares em dívida em 2002.

((Tradução Redação São Paulo, 5511 5644-7727)) REUTERS FB RBS