Renan defende debate sobre independência formal do BC em retomada do Congresso

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 18:11 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), defendeu nesta terça-feira o debate sobre a independência formal do Banco Central durante a abertura dos trabalhos do Legislativo e disse que o resultado da economia em 2015 não pode se repetir em 2016.

Em seu discurso na cerimônia de retomada dos trabalhos do Congresso, Renan afirmou que os parlamentares não se comportarão com o que chamou de "síndrome de Titanic". "Não seremos habitantes da 'fracassolândia'", garantiu o senador.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

 
Presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). 01/12/2015. REUTERS/Ueslei Marcelino