Fitch diz que estrutura de capital da CSN é insustentável

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 19:40 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Fitch reduziu a nota da CSN de "B+" para "B-", afirmando que a estrutura de capital da siderúrgica é insustentável sob as atuais condições do mercado e desafios para a venda de ativos do grupo.

"A Fitch não vislumbra a geração consolidada de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da CSN em níveis históricos de entre 4,5 bilhões e 6 bilhões de reais no curto prazo", afirmou a agência de classificação de risco.

A agência citou ainda forte queda nos preços do minério de ferro que continuará colocando pressão sobre as operações de mineração da CSN.

Apesar dos esforços do grupo para ampliar exportações de aço, a Fitch afirmou que o excesso de capacidade produtiva global do setor continuará a pesar sobre a indústria siderúrgica, resultando em limitada recuperação de preços domésticos e baixa lucratividade com as vendas externas.

(Por Alberto Alerigi Jr.)