Bradesco cancela aumento de capital de R$3 bi por volatilidade dos mercados

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016 10:22 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Administração do Bradesco decidiu cancelar aumento de capital de 3 bilhões de reais, citando a volatilidade dos mercados o que fazia as ações do grupo financeiro dispararem nesta quarta-feira.

A operação previa a emissão de 164.769.488 novas ações, sendo 82.571.414 ordinárias, ao preço de 19,20 reais cada, e 82.198.074 preferenciais, ao preço de 17,21 reais cada. Às 10h16, as preferenciais do Bradesco saltavam 5,7 por cento, a cerca de 19 reais, enquanto as ordinárias tinham ganho de 5 por cento, a quase 20 reais.

O aumento de capital por subscrição particular de ações havia sido aprovado em assembleia geral extraordinária em 17 de dezembro. O cancelamento também terá de ser submetido a acionistas em assembleia geral, disse o banco.

O Bradesco informou na semana passada que superou as previsões de lucro no quarto trimestre, apoiado em maiores receitas com juros, seguros e tarifas, além de rígido controle das despesas, compensando com sobras o aumento da inadimplência e das provisões para calotes.

O segundo maior banco privado do país teve lucro líquido de 4,353 bilhões de reais no período, alta de 9 por cento sobre igual etapa de 2014.

(Por Priscila Jordão)