Bovespa sobe 2,6% com recuperação do petróleo e forte alta de Bradesco

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016 18:42 BRST
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta quarta-feira, após forte queda na véspera, com as ações do Bradesco entre os destaques de alta, após o segundo maior banco privado do país cancelar operação para aumento de capital de 3 bilhões de reais.

O Ibovespa subiu 2,57 por cento, a 39.588 pontos. O volume financeiro somou 6,29 bilhões de reais.

Na véspera, o índice de referência do mercado acionário brasileiro despencou 4,87 por cento, maior queda percentual desde agosto de 2011.

A recuperação na bolsa paulista ainda teve como suporte o avanço dos preços do petróleo, amparado na queda do dólar após dados econômicos mais fracos dos Estados Unidos, que prevaleceu sobre a alta em estoques da commodity.

Wall Street também ajudou, com os índices acionários norte-americanos ensaiando uma recuperação no final do pregão brasileiro.

DESTAQUES

- BRADESCO fechou com as preferenciais em alta de 4,82 por cento e as ações ordinárias avançando 6,32 por cento, após seu Conselho de Administração decidir cancelar aumento de capital da instituição financeira no valor de 3 bilhões de reais. Analistas do Itaú BBA avaliam que a decisão tende a ser negativa no longo prazo, do ponto de vista do capital, mas que, no curto prazo, poderia haver pressão de compra das ações. Isso porque alguns dos investidores poderiam estar adotando a estratégia de ficar vendidos nos papéis do banco e comprados nos direitos de subscrição.   Continuação...