China aprova importação de nova soja transgênica da Monsanto

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016 19:40 BRST
 

CHICAGO (Reuters) - A Monsanto (MON.N: Cotações) informou nesta quarta-feira que recebeu a aprovação para importações da China de sua nova soja geneticamente modificada Roundup Ready 2 Xtend e que começará a vender as sementes nos Estados Unidos e no Canadá.

A China, maior importadora mundial de soja, não permite importações de grãos transgênicos até que sejam aprovados por reguladores do governo.

A nova variedade de soja da empresa norte-americana de sementes e agroquímicos é projetada para tolerar aplicações dos pesticidas glifosato e dicamba, em meio a um crescente problema com ervas daninhas resistentes ao glifosato na América do Norte.

O uso do dicamba é permitido no Canadá, mas ainda não está aprovado nos EUA, onde a Agência de Proteção Ambiental do país ainda está revisando o produto químico, disse a Monsanto.

A Monsanto disse que está oferecendo descontos para produtores norte-americanos que comprem as sementes Roundup Ready 2 Xtend caso a aprovação regulatória não chegue a tempo da temporada de plantio de 2016.

A empresa tem como objetivo 3 milhões de acres plantados na próxima temporada e espera que a tecnologia genética seja cultivada em dois terços das lavouras de soja nos EUA até 2019. A empresa também licencia sua biotecnologia para outras empresas de sementes.

(Por Karl Plume)