Produção de veículos sobe 1,6% no Brasil em janeiro, diz Anfavea

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016 13:33 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria de veículos do Brasil teve alta de 1,6 por cento na produção em janeiro ante dezembro e registrou recuo de 29,3 por cento sobre o mesmo período do ano passado, para 145,1 mil unidades, informou nesta quinta-feira a associação que representa o setor, Anfavea.

As vendas de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus novos no país despencaram 31,8 por cento na comparação com dezembro e 38,8 por cento em relação ao mesmo mês de 2015, para 155,3 mil unidades, menor nível mensal desde o início de 2007.

A queda nas vendas tem incentivado as montadoras a tomarem medidas de redução de produção incluindo demissões. No final de janeiro, a General Motors iniciou desligamentos de cerca de 800 trabalhadores de sua fábrica em São José dos Campos (SP) que estavam com contratos suspensos desde agosto passado. Já a Fiat decidiu parar por 20 dias a maior parte de sua maior fábrica no mundo, instalada em Betim (MG), por 20 dias a partir de 27 de janeiro.

Com isso, o setor seguiu reduzindo o número de trabalhadores ocupados, encerrando janeiro com 129,4 mil postos ativos, queda de 10,2 por cento ante o mesmo mês do ano passado.

As exportações de veículos, porém, estão fornecendo algum suporte ao setor apoiadas na desvalorização do real contra o dólar. As vendas externas de veículos montados cresceram 37 por cento em janeiro sobre janeiro de 2015, para 22.347 unidades.

Em valores, as vendas externas somaram 442 milhões de dólares no mês passado, queda de 11 por cento na comparação anual. O dado não inclui máquinas agrícolas, cujas exportações foram de 105,7 milhões de dólares em janeiro ante 172,4 milhões no mesmo período do ano passado.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

 
Carros novos estacionados em área de estoque de fábrica da Volkswagen em Taubaté. 30/03/2015 REUTERS/Roosevelt Cassio