Índice europeu de ações cai em sessão volátil, pressionado por perdas do Credit Suisse

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016 16:23 BRST
 

Por Danilo Masoni

MILÃO (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em queda nesta quinta-feira, com dados fracos dos Estados Unidos alimentando preocupações com uma possível desaceleração econômica, enquanto o papel do Credit Suisse despencou após o banco divulgar prejuízo anual.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em baixa de 0,15 por cento, aos 1.293 pontos, ao fim de uma sessão volátil.

As perdas, no entanto, foram limitadas por um rali nas commodities, que impulsionaram ações dos setores de mineração e petróleo.

Dados mostraram que a produtividade fora do setor agrícola nos EUA caiu no quatro trimestre e pedidos de auxílio-desemprego subiram mais que o esperado na semana passada. Isso pressionou o dólar, que tem enfraquecido conforme as expectativas por mais altas de juros nos EUA este ano diminuem.

As ações do Credit Suisse caíram 10,9 por cento, a maior perda no índice FTSEurofirst 300. O banco divuglou seu primeiro prejuízo anual desde 2008 após contabilizar um grande encargo de seu negócio de banco de investimento sob a gestão do novo presidente-executivo, Tidjane Thiam.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,06 por cento, a 5.898 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,44 por cento, a 9.393 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,04 por cento, a 4.228 pontos.   Continuação...