Ações chinesas caem antes de feriado; investidores esperam dados de emprego dos EUA

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016 07:53 BRST
 

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - As ações chinesas recuaram nesta sexta-feira com a visão do mercado de que os movimentos para aumentar os tetos de investimento para estrangeiros não vão levar a um aumento imediato da compra de ações chinesas, enquanto no restante da região as bolsas não tiveram uma trajetória definida, antes do aguardado relatório de emprego dos Estados Unidos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,7 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,6 por cento.

Porém, na semana, o índice SSEC teve ganho de 0,9 por cento enquanto o CSI300 subiu 0,6 por cento.

Mas as operações foram magras nesta sexta-feira com muitos operadores já tendo se afastado para o feriado do Ano Novo Lunar. Todos os mercados chineses estarão fechados na próxima semana.

No Japão, o índice Nikkei recuou 1,3 por cento, em seu quarto dia seguido de perdas.

"A maior preocupação para o mercado japonês agora é se o dólar vai enfraquecer mais contra o iene", disse o analista técnico sênior do Mizuho Securities em Tóquio Yutaka Miura.

"Não se sabe como as ações norte-americanas vão reagir depois da divulgação dos dados de emprego, então muitos investidores estão nervosos."

Os mercados vão observar os dados de emprego dos Estados Unidos em busca de alguma orientação, com expectativa do relatório mostrar a criação de 190 mil vagas em janeiro, mediana da estimativa de economistas consultados pela Reuters.

Às 7:47 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,52 por cento, a caminho de fechar a semana praticamente estável.   Continuação...