Lucro despenca e ArcelorMittal lança oferta de ações de US$3 bi

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016 08:43 BRST
 

Por Philip Blenkinsop e Robert-Jan Bartunek

BRUXELAS (Reuters) - A ArcelorMittal, maior siderúrgica do mundo, lançou planos nesta sexta-feira de levantar 3 bilhões de dólares com uma emissão de ações para reduzir dívida, enquanto continua a sofrer com o excesso de capacidade da indústria chinesa, o que afirma ter pressionado para baixo os preços globais.

A companhia, que tem duas vezes o tamanho de sua rival mais próxima, divulgou nesta sexta-feira que seu Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 32 por cento no ano passado para 5,2 bilhões de dólares e alertou que o resultado neste ano será "mais de" 4,5 bilhões de dólares, uma vez que vê pouca melhora na demanda global por aço neste ano.

O presidente-executivo, Lakshmi Mittal, disse que 2015 foi um ano muito difícil para as indústrias de aço e mineração mesmo com a demanda maior na Europa e nos Estados Unidos, onde a companhia faz o grosso de seus negócios, devido aos preços reduzidos das exportações chinesas.

Além do aumento de capital, a empresa disse que está vendendo por 875 milhões de euros sua fatia de 35 por cento na especialista em peças automotivas de aço espanhola Gestamp Automacion para os acionistas majoritários, a família Riberas, encerrando uma joint-venture formada em 1998.