Tyson Foods eleva estimativa de lucro anual diante de queda de custos

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016 15:03 BRST
 

(Reuters) - A Tyson Foods, maior processadora de carnes norte-americana, elevou sua estimativa de lucro anual, ajudada por uma queda acentuada nos custos com rações e rebanhos, levando suas ações a uma máxima recorde nesta sexta-feira.

As ações da empresa, que também divulgou um aumento maior que o esperado para o lucro trimestral, tinham alta de quase 10 por cento às 15h02 no horário de Brasília.

Os custos das rações caíram nos EUA, com um excesso global de oferta de milho e soja mantendo os preços dos grãos deprimidos por três anos consecutivos.

No entanto, a receita da Tyson caiu 15,4 por cento, para 9,15 bilhões de dólares, com uma disponibilidade doméstica de gado bovino e suínos maior reduzindo os preços médios de venda no primeiro trimestre.

Os preços da carne bovina no varejo dos EUA caíram sete meses seguidos até dezembro com as pastagens saudáveis, milho mais barato e preços recordes do gado um ano atrás encorajando produtores a ampliar seus rebanhos.

O negócio de carne bovina da Tyson, o maior da empresa em vendas, divulgou lucro operacional de 71 milhões de dólares, ante perda de 6 milhões de dólares no mesmo período um ano antes, devido a custos mais baixos do gado.

O lucro líquido atribuído à Tyson subiu 49 por cento para 461 milhões de dólares, ou 1,15 dólar por ação, superando as estimativas de analistas de 0,89 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Sruthi Ramakrishnan)