Índice acionário europeu fecha em queda e acelera perdas com dados dos EUA

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016 16:27 BRST
 

Por Atul Prakash e Danilo Masoni

LONDRES/MILÃO (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em queda nesta sexta-feira ao fim de uma sessão volátil, ampliando as perdas na reta final da sessão após dados sobre o emprego nos Estados Unidos deixarem investidores incertos sobre a possibilidade de um aumento de juros norte-americanos neste ano.

O índice FTSEurofirst 300 recuou 0,82 por cento, a 1.283 pontos, após chegar a 1.303 pontos na máxima da sessão. O índice acumulou queda de 4,8 por cento nesta semana, após avançar nas duas semanas anteriores.

A criação de vagas no mercado de trabalho dos EUA desacelerou mais que o esperado em janeiro. No entanto, o aumento dos salários e a queda da taxa de desemprego à mínima em oito anos sugeriram que a recuperação do emprego segue firme e mais altas de juros podem acontecer neste ano.

"O resultado é um quadro ainda mais confuso sobre o ritmo provável de aumentos de juros do Federal Reserve... o que não deve ajudar a confiança nos mercados", disse o analista Jasper Lawler, da CMC Markets.

O papel da ArcelorMittal caiu 5,5 por cento na sexta-feira após a maior siderúrgica do mundo informar que vai levantar 3 bilhões de dólares em novo capital para reduzir a dívida, de olho na fraqueza nos setores de aço e mineração.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,86 por cento, a 5.848 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,14 por cento, a 9.286 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,66 por cento, a 4.200 pontos.   Continuação...