Vendas trimestrais da Viacom ficam abaixo das estimativas de analistas

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016 16:12 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente-executivo da Viacom, Philippe Dauman, reprovou as críticas sobre sua liderança depois do quinto trimestre abaixo das expectativas de vendas de Wall Street nesta terça-feira, enervando investidores e pressionando as ações da empresa de mídia em mais de 15 por cento na maior baixa em quatro anos.

"Eu não poderia estar mais focado em retomar o preço da ação da Viacom ao maior nível sob minha liderança há apenas algum tempo" disse Dauman em teleconferência com analistas após os resultados, quando questionado sobre sua estratégia.

As ações da Viacom estão em queda de 45 por cento nos últimos 12 meses. Elas recuavam mais de 15 por cento na tarde desta terça-feira.

No primeiro trimestre do ano fiscal de 2016, a dona da MTV,Comedy Central, Nickelodeon e o estúdio de cinema Paramount divulgou uma queda maior do que esperada da receita no trimestre, afetada por menor venda de publicidade nos Estados Unidos. A receita doméstica de publicidade caiu 4 por cento.

A receita total caiu 5,7 por cento para 3,5 bilhões de dólares, abaixo da estimativa de Wall Street de 3,25 bilhões de dólares, de acordo com a ThomsonReuters I/B/E/S.

Excluindo alguns itens, a Viacom lucrou 1,18 dólar por ação, em linha com as estimativas de analistas.

Antes de divulgar os resultados, a Viacom anunciou um negócio com o aplicativo de mensagens de vídeo Snapchat nesta terça-feira que dá à empresa direitos de exclusivos para vender publicidade no conteúdo do Snapchat.

(Por Anya George Tharakan em Bengaluru e Jessica Toonkel em Nova York)