Ações asiáticas recuam diante de preocupações com bancos

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 07:48 BRST
 

Por Shinichi Saoshiro

TÓQUIO (Reuters) - As ações asiáticas caíram nesta quarta-feira devido às crescentes preocupações com a saúde dos bancos mundiais, particularmente na Europa, levando os investidores a procurar ativos seguros como o iene, que chegou à máxima de 15 meses ante o dólar.

O índice Nikkei, do Japão, que tombou mais de 5 por cento na terça-feira, recuou 2,31 por cento nesta quarta-feira.

O índice chegou a recuar 4 por cento durante a sessão e tocou a mínima de 16 meses com a queda das ações bancárias e o fortalecimento do iene dando um golpe na confiança.

A adoção de taxa de juros negativa pelo banco central japonês não tem dado nenhum suporte, e o índice já acumula queda de mais de 10 por cento desde a decisão surpreendente do banco no dia 29 de janeiro.

Às 7:44 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,2 por cento, enquanto os mercados chineses permaneciam fechados nesta semana para os feriados do Ano Novo Lunar.

Os mercados acionários foram afetados no começo da semana pelas preocupações com a saúde do setor bancário da zona do euro, já que a política monetária muito expansiva é considerada como algo que pode diminuir o lucro dos bancos e sua capacidade de pagar dívidas.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,31 por cento, a 15.713 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG não teve operações   Continuação...