Yellen defenderá alta de juros pelo Fed no Congresso

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 08:26 BRST
 

WASHINGTON/SÃO FRANCISCO (Reuters) - A chair do Federal Reserve, Janet Yellen, defenderá a primeira alta de juros do banco central norte-americano em uma década e deverá insistir que mais altas este ano estão a caminho, embora a um ritmo mais lento, quando falar ao Congresso nesta quarta-feira.

Yellen, que certamente será questionada pelos parlamentares sobre se a economia realmente está pronta para juros mais altos, apontará para crescimento forte dos empregos.

A chair do Fed também deverá ter também trocas acaloradas com os parlamentares sobre o sigilo percebido do banco, com os candidatos presidenciais de ambos os lados atacando de forma regular o Fed em sua campanha.

"Acho que os mercados provavelmente reagiram de forma exagerada à ideia de que o Fed não elevará os juros em breve", disse Vincent Reinhart, ex-chefe da divisão de assuntos monetários do Fed.

A audiência do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara está marcada para 13:00 (horário de Brasília) desta quarta-feira, seguida pela audiência no Comitê Bancário do Senado na quinta-feira no mesmo horário.

O crescimento dos EUA desacelerou para 0,7 por cento no quarto trimestre uma vez que a demanda global fraca pesou sobre a economia. Mas o setor imobiliário se fortaleceu, o desemprego caiu para 4,9 por cento no mês passado e, em um alívio para o Fed, os salários saltaram em janeiro à maior taxa em um ano.

(Reportagem de Jonathan Spicer e Ann Saphir)