Usiminas busca refinanciamento de R$4 bi, dizem fontes

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016 11:54 BRST
 

Por Tatiana Bautzer e Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO (Reuters) - A siderúrgica Usiminas está negociando com bancos o refinanciamento de cerca de 4 bilhões de reais em empréstimos com vencimento nos próximos dois anos, disseram quatro fontes com conhecimento direto do tema nesta sexta-feira.

A Usiminas entrou em contato com Itaú Unibanco, Banco Bradesco, Banco Santander Brasil e Banco do Brasil para garantir um acordo efetivo imediatamente, disseram as primeiras duas fontes.

Os bancos concordariam caso os acionistas se comprometessem a injetar 1 bilhão de dólares na Usiminas para evitar que as métricas de endividamento se deteriorem ainda mais, disse a terceira fonte. No entanto, a disputa entre os acionistas controladores Nippon Steel & Sumitomo Metal e Techint Group tornou mais difícil para a Usiminas levantar capital novo, disseram todas as fontes.

Usiminas, Techint e Santander Brasil não comentaram imediatamente. Itaú, Bradesco e Banco do Brasil não comentaram. Esforços para entrar em contato com a Nippon Steel no Brasil não tiveram resultados.