Japão está pronto para trabalhar com o G7 para acalmar mercados, dizem fontes

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016 10:33 BRST
 

Por Tetsushi Kajimoto e Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - O Japão está pronto para pressionar por maior cooperação de seus parceiros do G7 para acalmar o nervosismo do mercado, mas pode ter dificuldade em produzir medidas que possam restabelecer de forma significativa a confiança no mercado global, disseram fontes do governo.

Com os líderes econômicos das nações do G20 se preparando para se reunirem em Xangai na próxima semana, há uma especulação crescente no mercado de que as maiores economias do mundo, particularmente as dos países do G7, podem produzir uma resposta coordenada de política aos distúrbios do mercado global e à desaceleração do crescimento. Isto pode incluir intervenção cambial.

Embora as autoridades do G7 possam concordar com comunicados conjuntos que alertem contra uma excessiva volatilidade do mercado, fontes do governo japonês dizem que elas podem ter dificuldade em concordar com passos mais concretos que estabeleçam confiança do mercado em uma resposta global conjunta.

"Eu duvido que medidas tapa buraco como intervenções cambiais sozinhas vão funcionar em face da aversão global ao risco", disse uma fonte do governo com conhecimento direto das deliberações cambiais.

"O importante é que as autoridades do G20 apresentem uma mensagem positiva para afastar o sentimento negativo que está espalhado nos mercados globais", disse a fonte à Reuters.