Importações de petróleo pela China caem em janeiro após volume recorde em dezembro

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016 10:40 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - As importações de petróleo pela China caíram 20 por cento em janeiro ante volume recorde registrado em dezembro, retornando ao menor nível desde outubro, mostraram dados de alfândega nesta segunda-feira.

As importações de petróleo da China também caíram 4,6 por cento na comparação anual, para 26,69 milhões de toneladas, ou 6,29 milhões de barris por dia.

As importações da China atingiram um recorde de 7,81 milhões de bpd em dezembro e fecharam 2015 com uma média de 6,71 milhões de bpd --um número bem acima da ainda crescente demanda por petróleo da China.

O país aproveitou os baixos preços globais do petróleo no ano passado para adicionar 185 milhões de bpd a suas reservas, segundo cálculos da Reuters.

Em janeiro, as exportações de combustível da China subiram 45,2 por cento para 3,01 milhões de toneladas, ou 679.700 bpd, após atingir um recorde de 975.500 bpd em dezembro, com a China continuando a exportar mais diesel em meio a uma demanda em queda pelo combustível.

As exportações de diesel no primeiro trimestre de 2016 poderão atingir um recorde para o período, inundando a Ásia com oferta em um momento em que as margens de lucro estão perto de mínimas em seis anos, disseram fontes da indústria.

As exportações líquidas de combustível em janeiro foram de 350 mil toneladas.

(Por Adam Rose)