BC da Alemanha corta projeção de inflação do país após queda do petróleo

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016 11:05 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - O banco central da Alemanha cortou nesta segunda-feira sua previsão para a inflação, um sinal de que o mesmo vai acontecer através da zona do euro, aumentando a pressão sobre o Banco Central Europeu (BCE) para flexibilizar a base monetária.

O banco central alemão disse que o preço do petróleo em queda significa que a inflação pode ficar próxima de zero este ano, a 0,25 por cento, comparada com a previsão anterior de 1,1 por cento.

O banco prevê que os preços, acompanhados de perto pelo BCE por causa de sua única tarefa oficial de mantê-los subindo de forma constante, podem se recuperar na Alemanha em 2017, mas apenas para 1,75 por cento.

O BC previa anteriormente um aumento de 2 por cento na Alemanha, que corresponde a mais de um quarto da economia da zona do euro, uma bloco de moeda comum com 19 países, que incluem nações mais fracas como a Grécia.

O ajuste dramático na maior economia da zona do euro significa que é praticamente certo que o BCE reduza a própria projeção em março, um passo que tipicamente vai requisitar uma resposta com mais afrouxamento da política monetária.

(Reportagem de John O'Donnell)