Conselho do BTG Pactual aprova terceira recompra de units

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016 11:47 BRST
 

(Reuters) - O Conselho de Administração do BTG Pactual aprovou o terceiro programa de recompra de units, mantendo plano para aquisição de cerca de 41 por cento destes certificados de ações, anunciado no final do ano passado, após a prisão do ex-controlador do grupo André Esteves.

O plano informado ao mercado em ata de reunião do Conselho nesta segunda-feira envolve a aquisição de até 19.068.708 units, no limite de 10 por cento das ações atualmente em circulação.

Quando aprovou o plano de recompra em 25 de novembro passado, o BTG pretendia adquirir 93.860.181 units de um total em circulação na ocasião de 230.513.118. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), porém, negou autorização para o grupo fazer isso, citando riscos de negociação que poderiam levar a condições artificiais de mercado, e desde então o grupo vem anunciando recompras de 10 em 10 por cento das units em circulação.

Segundo o comunicado divulgado nesta segunda-feira, o grupo cancelou 19.925.230 units recompradas anteriormente. Com o anúncio desta segunda-feira, sobram cerca de 34 milhões de units do total de 93,86 milhões pretendidos.

As units do BTG Pactual exibiam alta de 1,22 por cento às 11h45, enquanto o Ibovespa mostrava valorização de 1,7 por cento.

Desde 25 de novembro, as units do grupo acumulam desvalorização de 30,2 por cento.

O grupo informou nesta segunda-feira que as units adquiridas no programa atual serão, a princípio, mantidas em tesouraria ou canceladas.

(Por Alberto Alerigi Jr, reportagem adicional de Paula Arend Laier)