Para Nowotny, do BCE, turbulência do mercado decorre de emergentes, segundo site

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016 10:06 BRST
 

ZURIQUE (Reuters) - O membro do Conselho do Banco Central Europeu Ewald Nowotny disse que a turbulência dos mercados financeiros nas últimas semanas foi largamente provocada pelos mercados emergentes, de acordo com uma entrevista publicada nesta quarta-feira em um site financeiro suíço.

Nowotny, que também preside o banco central da Áustria, disse que os acontecimentos no Brasil, Rússia e China não estão apenas levando a uma piora da situação econômica geral, mas também incentivando os investidores em mercados emergentes --em particular de fundos estatais-- a vender, segundo o site suíço Cash.ch.

"Eles estão tendo um impacto nada insignificante nos mercados acionários", disse Nowotny na entrevista. "Eu, pessoalmente, estive envolvido em conversas. É bem claro para mim que os fundos estatais e os bancos centrais estão atualmente trabalhando o melhor que podem para serem tão seguros quanto possível em termos de liquidez."

A perturbação do mercado financeiro, incluindo a ampla queda das ações bancárias, tem elevado as preocupações com uma terceira onda de crise, seguindo a crise financeira global de 2008-2009 e a crise da dívida da zona do euro em 2011-2012.

Nowotny disse ao cash.ch que a duração da atual turbulência do mercado vai determinar o quanto ele vai golpear as perspectivas para a economia em geral.

"Obviamente não há dúvida de que um declínio que resulte em uma enorme destruição da riqueza tem consequências muito negativas para o humor em geral", disse.

(Reportagem por John Miller)