Lucro líquido da Natura cai 35% no 4º tri com vendas fracas no Brasil

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016 09:13 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Natura Cosméticos teve queda do lucro líquido no quarto trimestre, afetada por vendas fracas no Brasil em meio ao cenário econômico desafiador, apesar do forte resultado das operações internacionais.

A empresa teve lucro líquido consolidado de 145,4 milhões de reais no quarto trimestre de 2015, queda de 35,4 por cento na comparação com o mesmo período de 2014, informou na noite de quarta-feira.

A receita líquida consolidada da empresa teve alta de 6,9 por cento no período de outubro a dezembro de 2015, para 2,33 bilhões de reais.

No Brasil, a receita líquida caiu 8,9 por cento, para 1,58 bilhão de reais, enquanto o faturamento líquido das operações internacionais avançou 68,3 por cento, a 752,6 milhões de reais, favorecido pela desvalorização do real.

A margem bruta consolidada teve aumento de 0,5 ponto percentual no quarto trimestre frente ao mesmo período de 2014.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) consolidado foi de 453,2 milhões de reais no período, queda de 7,8 por cento.

Em 2015, a Natura teve lucro líquido de 513,5 milhões de reais, redução de 29,9 por cento na comparação com 2014, enquanto o Ebitda caiu 3,8 por cento, a 1,5 bilhão de reais.

Segundo o balanço da empresa, o Ebitda foi afetado negativamente pelo aumento da carga tributária sobre o setor de cosméticos no país e pela desvalorização do real, que juntos tiveram impacto de 229 milhões de reais.

Houve também impacto do aumento da taxa básica de juros e efeitos não caixa de marcação a mercado de hedge de dívidas em moeda estrangeira. Esses efeitos foram em parte mitigados pela redução de despesas, que caíram no Brasil 2,9 por cento ano contra ano.   Continuação...