Dólar pouco oscila frente ao real ao fim de semana volátil, de olho em petróleo

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016 12:09 BRST
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar alternava entre leves altas e baixas nesta sexta-feira ao fim de uma semana marcada por forte volatilidade, com investidores adotando cautela diante da queda dos preços do petróleo e do ambiente de incertezas local.

Às 12:07, o dólar recuava 0,01 por cento, a 4,0485 reais na venda, após fechar com alta ou queda de mais de 1 por cento nas últimas três sessões. O dólar futuro avançava cerca de 0,26 por cento.

"O mercado estava muito agitado nesta semana e agora precisa diminuir a marcha um pouco, recarregar as energias", disse o operador da corretora Intercam Glauber Romano.

Os preços do petróleo retomavam a queda nesta sessão, mas ainda caminhavam para fechar a semana em alta. Preocupações com a sobreoferta global da commodity vêm alimentando o pessimismo nos mercados e reduzindo a demanda por ativos mais arriscados, como o real.

Outro fator que vem atraindo a atenção dos investidores é a política monetária norte-americana. Mais cedo, foi divulgado que o núcleo da inflação nos Estados Unidos apresentou a maior alta em quase quatro anos e meio em janeiro, o que poderia permitir que o Federal Reserve, banco central norte-americano, eleve os juros gradualmente ao longo deste ano.

No Brasil, a volatilidade vem sendo acentuada também por preocupações com a possibilidade de o governo recorrer ao afrouxamento fiscal para combater a fraqueza na economia.

Nesta manhã, o Banco Central promoveu mais um leilão de rolagem dos swaps que vencem em março, vendendo a oferta total de 11,9 mil contratos. Ao todo, a autoridade monetária já rolou 6,969 bilhões de dólares, ou cerca de 70 por cento do lote total, que equivale a 10,118 bilhões de dólares.

(Por Bruno Federowski)