Governo do RJ volta atrás e planeja não aplicar novos tributos para setor de petróleo, diz fonte

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016 12:33 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O governo estadual do Rio de Janeiro avalia maneiras de não aplicar dois novos tributos sobre o setor de petróleo, cujas leis foram sancionadas em dezembro e que entrariam em vigor em março, após avaliar que a cobrança poderia afastar investimentos e ter, ao final, um impacto negativo para a arrecadação do Estado, disse nesta sexta-feira uma fonte envolvida nas negociações.

Por tratar-se de uma lei já sancionada, o governo fluminense está estudando como seria o instrumento legal necessário para evitar a cobrança, afirmou a fonte.

(Por Rodrigo Viga Gaier)