Índice europeu de ações encerra semana forte com final amargo

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016 16:28 BRST
 

MILÃO/LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em queda nesta sexta-feira, pressionado pelos setores bancário, petroleiro e automotivo, com investidores realizando lucros após uma semana de bom desempenho que ajudou a estabilizar mercados após o turbulento início de ano.

O índice FTSEurofirst 300 teve queda de 0,68 por cento, a 1.285 pontos. Ainda assim, o índice acumulou alta de 4,3 por cento desde segunda-feira, registrando seu maior ganho semanal desde outubro de 2015.

"Nós sabíamos que uma recuperação estava por vir, uma vez que os mercados estavam excessivamente baratos demais... mas o pano de fundo não mudou de fato e as pessoas ainda não querem assumir riscos antes do fim de semana", disse o chefe de derivativos no segmento de varejo do Interactive Investor, Mike McCudden.

Entre as maiores quedas setoriais estavam os bancos, que caíram 1,4 por cento. O setor acumula alta de 8,5 por cento desde que tocou as mínimas da semana passada, mas ainda apresenta desvalorização de 20 por cento no ano. Ações bancárias vêm sendo pressionadas por preocupações sobre como podem proteger os lucros em um ambiente de taxa de juros baixa e pouco crescimento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,36 por cento, a 5.950 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,80 por cento, a 9.388 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,39 por cento, a 4.223 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,19 por cento, a 16.909 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,22 por cento, a 8.194 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,90 por cento, a 4.706 pontos.

(Por Danilo Masoni e Alistair Smout)