Sete pessoas morrem em tiroteio aleatório nos EUA, suspeito está preso

domingo, 21 de fevereiro de 2016 11:08 BRT
 

(Reuters) - Sete pessoas foram mortas e várias outras foram feridas na noite de sábado no Estado norte-americano de Michigan, em uma série de tiroteios aparentemente aleatórios, de acordo com autoridades e meios de comunicação locais.

O Departamento de Segurança Pública de Kalamazoo disse em sua página do Facebook que seis pessoas morreram e vários outras estavam gravemente feridas devido aos três tiroteios no condado de Kalamazoo, no sudoeste de Michigan.

Neste domingo, a mídia local reportou a morte de uma adolescente, que havia sido baleada, tornando-se a sétima vítima fatal.

"Parece que estamos lidando com um caso de pior cenário, alguém dirigindo por aí e atirando", disse Paul Matyas, xerife do condado de Kalamazoo, à NBC News após os disparos. Pelo menos três pessoas ficaram feridas nos ataques. A descrição do suspeito bate com a de um atirador que foi preso sem incidentes, afirmou o chefe de polícia Jeff Hadley.

O suspeito não foi identificado, mas segundo a mídia, ele teria 45 anos e é morador de Kalamazoo.

O departamento descreveu o atirador como um homem branco, na faixa dos 50 anos, que conduzia um utilitário esportivo de cor escura e rodas cromadas. A polícia disse que o suspeito detido estava dirigindo um utilitário preto e portava uma arma no veículo.

De acordo com a mídia local, 4 pessoas foram baleadas e mortas no restaurante Cracker Barrel, no interior do Texas, e outras duas morreram em uma concessionária em Kalamazoo. A adolescente que morreu neste domingo estava no restaurante.

A carnificina começou no início da noite de sábado, quando a polícia recebeu o primeiro chamado em um prédio de Kalamazoo, onde uma mulher havia sido baleada diversas vezes, segundo Matyas.

Horas depois, eles foram chamados à concessionária, onde duas pessoas foram baleadas e mortas e uma terceira ficou ferida.    Continuação...