Ibovespa sobe 4% e atinge máxima do ano; Petrobras ON tem maior alta desde 1999

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016 19:02 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em alta de 4 por cento nesta segunda-feira, na máxima do ano, diante da cena externa favorável, com o avanço de commodities impulsionando as ações de Petrobras e da Vale.

A cena corporativa doméstica também ocupou a atenção em meio a notícias de fusões e aquisições e resultados trimestrais.

O Ibovespa subiu 4,07 por cento, a 43.234 pontos, perto da máxima do dia e no pico de fechamento desde 30 de dezembro de 2015.

O volume financeiro do pregão somou 6,73 bilhões de reais.

Com a disparada desta sessão, o Ibovespa tem agora declínio de apenas 0,27 por cento em 2016. No pior momento, no final de janeiro, o índice chegou a acumular queda de 13,5 por cento, considerando os dados de fechamento.

Em Wall Street, os principais índices acionários fecharam em alta de mais de 1 por cento na esteira da alta dos preços do petróleo, e de outras commodities.

O avanço nos preços de matérias-primas encontrou suporte, entre outros fatores, na notícia de que a China afastou o chefe de sua agência reguladora de valores mobiliários e indicou em seu lugar um alto executivo do setor bancário.

Na cena local, também esteve no radar nova etapa da operação Lava Jato, que teve entre os alvos o marqueteiro João Santana, que trabalhou nas campanhas da presidente Dilma Rousseff e reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.   Continuação...