Standard Chartered tem primeiro prejuízo em 26 anos

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016 09:00 BRT
 

Por Lawrence White e Richa Naidu

LONDRES (Reuters) - O Standard Chartered divulgou nesta terça-feira seu primeiro prejuízo anual desde 1989 conforme pesados custos de reestruturação e preços fracos de commodities pesaram sobre o banco focado em mercados emergentes.

O banco teve prejuízo antes de impostos de 1,5 bilhão de dólares, depois de considerar custos de redundâncias e perdas com empréstimos ruins. O lucro recorrente despencou 84 por cento, para 800 milhões de dólares, abaixo da estimativa média de analistas de 899 milhões de dólares, segundo dados da Thomson Reuters.

A perda mostra a escala da tarefa do novo presidente-executivo, Bill Winters, à medida que ele procura restaurar o crescimento da receita depois de seis trimestres suscessivos de declínio.

As ações do banco chegaram a cair 12 por cento antes de se recuperar para perda de 5,1 por cento às 8:55 (horário de Brasília).

Winters anunciou em novembro planos de cortar 15 mil postos de trabalho e levantou 5,1 bilhões de dólares em capital como parte de um plano para restaurar a lucratividade e melhorar o balanço.

"O ambiente externo desafiador não é uma desculpa para nossa performance. Não somos vítimas sem consciência", disse Winters.