Piora do humor empresarial pode pressionar BC do Japão a afrouxar ainda mais, dizem fontes

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016 09:50 BRT
 

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - Apenas três semanas depois de o banco central do Japão surpreender os mercados com a adoção de juros negativos, autoridades do banco estão questionando os parâmetros econômicos que basearam a decisão, disseram pessoas familiarizadas com a matéria.

No julgamento sobre se uma flexibilização adicional da política monetária será necessária nos próximos meses, as autoridades estão observando particularmente se a volatilidade do mercado tem prejudicado a confiança empresarial.

Embora o banco central esteja mantendo sua visão de que a recuperação econômica vai continuar, pessoas familiarizadas com o pensamento do banco disseram que ele está pronto para afrouxar novamente se a turbulência do mercado desencorajar as empresas a aumentar os gastos de capital e os salários.

"O dano potencial à confiança decorrente da turbulência do mercado é o principal risco", disse uma das fontes. "Se tais riscos ameaçarem a tendência geral dos preços, isto pode ser o gatilho para mais afrouxamento."

Na reunião de janeiro, o Banco do Japão manteve o cenário otimista de que a terceira maior economia do mundo vai se recuperar moderadamente e sustentar uma melhora na tendência geral dos preços.

Mas, desde lá, a volatilidade do mercado não diminuiu e as companhias estão usando os fatores negativos globais como desculpa para não elevar os salários, frustrando as esperanças do banco central de que seu movimento de janeiro poderia ser o suficiente para aumentar a confiança.

(Reportagem adicional por Yoshifumi Takemoto e Sumio Ito)