23 de Fevereiro de 2016 / às 15:51 / 2 anos atrás

Unica projeta intensa moagem de cana para entressafra em fevereiro

SÃO PAULO (Reuters) - A atividade de processamento de cana deverá ser relativamente intensa em fevereiro, um período tradicional de entressafra no centro-sul do Brasil, projetou nesta terça-feira a Unica, associação que reúne as empresas do setor.

Segundo a entidade, 32 unidades produtoras estavam em operação na região na primeira metade do mês, e a queda será apenas de 22 por cento na segunda metade do mês, para 25 usinas em operação.

Ao longo de fevereiro de 2015 havia sete unidades em operação, informou a Unica à Reuters.

“O volume de cana bisada (não processada no período regular de safra), os preços mais atrativos e, em alguns casos, a situação financeira complicada das empresas, estimularam o avanço da moagem em um período atípico”, disse em nota o diretor-técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar, Antonio de Padua Rodrigues.

As unidades que operaram no início do mês realizaram esmagamento de 2,69 milhões de toneladas da matéria-prima, volume 480 por cento maior que o registrado no mesmo período de 2015.

Contudo, vale destacar que o volume é bastante pequeno se comparado com períodos de pico de safra, quando a moagem do centro-sul passa facilmente de 40 milhões de toneladas.

A Unica destacou que no período de entressafra, do início de dezembro até 16 de fevereiro, as usinas da região processaram mais de 37 milhões de toneladas de cana.

No acumulado da safra, a moagem do centro-sul alcançou até o momento 602,7 milhões de toneladas, alta anual de 5,6 por cento.

AÇÚCAR E ETANOL

As empresas em operação estão dando prioridade à produção de etanol hidratado, que possui maior liquidez, informou a Unica.

“As quantidades de açúcar e etanol anidro registradas são, em grande parte, para atender compromissos firmados anteriormente e os estoques obrigatórios de etanol exigidos pela (agência reguladora) ANP”, afirmou Rodrigues, em nota.

A produção total de etanol na última quinzena foi de 132 milhões de litros, alta de 258 por cento ante mesmo período em 2015. Já a produção de açúcar atingiu 52 mil toneladas, alta anual de 989 por cento.

Por Gustavo Bonato

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below