Ações chinesas sobem com setor de infraestrutura, petróleo pressiona outros mercados asiáticos

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016 07:42 BRT
 

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - As ações chinesas fecharam em alta nesta quarta-feira sustentada pelos setores de infraestrutura e indústria, mas no restante da Ásia os índices recuaram pressionados pela queda do petróleo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,65 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,9 por cento.

O mercado chinês já se recuperou cerca de 10 por cento ao longo do último mês, impulsionado por uma alta dos mercados globais, sinais de estabilização do iuan e esperanças de que Pequim vai apresentar novos estímulos econômicos durante a reunião do Legislativo da China que começa no dia 5 de março.

Já os outros índices asiáticos recuaram com a queda dos preços do petróleo após a Arábia Saudita descartar efetivamente cortes na produção pelos principais produtores em breve, levando investidores a buscarem ativos seguros, como o iene.

Às 7:39 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 1,36 por cento, afastando-se ainda mais da máxima de seis semanas atingida na segunda-feira.

O índice Nikkei do Japão fechou com queda de 0,85 por cento, no menor nível em uma semana com a queda do petróleo e a valorização do iene pesando sobre as exportações.

O ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Ali Al-Naimi, disse a executivos da área na terça-feira que os mercados não devem ver o acordo dos quatro principais produtores do mundo para congelarem a produção aos níveis de janeiro como um prelúdio de cortes na produção.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,85 por cento, a 15.915 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,15 por cento, a 19.192 pontos.   Continuação...