Trabalhadores da Vale paralisam mina em MG para protestar por PLR, diz sindicato

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016 09:45 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Trabalhadores da mineradora Vale paralisaram as atividades às 6:30 desta quarta-feira na mina de minério de ferro Timbopeba, no complexo de Mariana (MG), para protestar pelo pagamento de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), afirmou um sindicalista local.

A companhia decidiu não pagar o PLR referente a 2015, algo inédito na história recente da empresa, em meio a preços baixos das commodities que afetam os resultados. "A gente acha que pode influenciar outras minas e outros representantes sindicais (com o protesto). Só uma paralisação nacional vai poder influenciar a decisão da Vale", disse o diretor do Sindicato Metabase Inconfidentes Valério Vieira, acrescentando que haverá negociação com a Vale na quinta-feira, após protestos em outras unidades da mineradora na terça-feira.

Não foi possível contatar a Vale imediatamente.

(Por Marta Nogueira)

 
Prédio da Vale no centro do Rio de Janeiro. 20/08/2014 REUTERS/Pilar Olivares