Premiê da China diz que G20 tem que melhorar coordenação

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016 11:45 BRT
 

XANGAI (Reuters) - O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, afirmou nesta sexta-feira que as principais economias devem estar cientes dos efeitos de suas políticas econômicas, melhorar a coordenação e permanecerem unidas para "superar as dificuldades".

Li, em mensagem por vídeo na sessão de abertura da reunião do G20, afirmou que, embora o crescimento econômico esteja desacelerando, a China está confiante de que conseguirá lidar com a complexa situação doméstica e externa.

Ele afirmou que não há base para contínua depreciação do iuan, e que a China vai expandir a demanda agregada como apropriado e focar em reformas estruturais do lado da oferta.

(Reportagem de Brenda Goh)

 
Premiê chinês Li Keqiang aparece em telão durante discurso em cerimônia de abertura de evento do G20 em Xangai. 26/02/2016 REUTERS/Aly Song