Direção da Gavilon pede demissão; ex-executivo da ADM assume como CEO

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016 14:42 BRT
 

NOVA YORK/CHICAGO (Reuters) - O corpo diretivo da trading de grãos norte-americana Gavilon, incluindo o diretor-executivo Jim Anderson, deixou a empresa, disseram duas fontes familiarizadas com o assunto nesta sexta-feira, o mais recente sinal de que a deterioração das commodities está afetando empresas do setor.

Anderson, que também era presidente; Greg Konsor, que era chefe do negócio de grãos; e o diretor de operações John Neppl deixaram a empresa sediada em Omaha, que é propriedade da trading japonesa Marubeni, disseram as fontes, que solicitaram anonimato porque não estavam autorizadas a falar com a imprensa.

Após a saída dos diretores, confirmada pela companhia, a Gavilon nomeou nesta sexta-feira o ex-executivo da Archer Daniels Midland (ADM) Lewis Batchelder como seu novo presidente-executivo. Ele assumirá o cargo em 1º de março.

As súbitas saídas da empresa, que compete com comercializadoras agrícolas globais Cargill e ADM, ocorrem um mês após sua controladora reduzir pela metade sua estimativa anual de lucros devido à queda nos preços do petróleo, cobre e carvão e do alerta que a Gavilon estava apresentando um desempenho ruim.

(Por Chris Prentice e Michael Hirtzer; reportagem adicional por Tom Polansek e Julie Ingwersen)