Acordo entre governo e Samarco deve ser divulgado na segunda-feira, diz AGU

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016 20:00 BRT
 

Por Leonardo Goy e Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O governo deve anunciar na próxima segunda-feira acordo com a mineradora Samarco sobre valores e ações que deverão ser empenhados para minimizar os efeitos do rompimento de uma barragem em Mariana (MG), em novembro do ano passado, disse à Reuters o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams.

Mais cedo, a assessoria de imprensa da Advocacia-Geral da União disse que as negociações estavam bem avançadas, estimando que 95 por cento do acordo estava concluído.

"Segunda deveremos divulgar", afirmou Adams.

Uma outra fonte, do Palácio do Planalto, disse que o acordo será apresentado à presidente Dilma Rousseff, para "bater o martelo" antes de ser divulgado.

A Samarco é uma joint venture das mineradoras Vale e BHP Billiton.

A negociação do acordo começou após as três mineradoras terem sido citadas em ação civil pública que pede reparações de cerca de 20 bilhões de reais, ajuizada na 12ª Vara Federal de Belo Horizonte pela União, pelos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo e outras autoridades públicas.

 
Destroços de uma casa são fotografados no distrito de Bento Rodrigues, que foi coberto por lada após rompimento de barragem da Samarco, em Mariana. 6 de novembro de 2015.  REUTERS/Ricardo Moraes