BC da China corta taxa de compulsório pela 5º vez desde fevereiro de 2015

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016 07:30 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O banco central chinês reduziu a quantidade de dinheiro que os bancos devem manter como reservas pela quinta vez desde fevereiro de 2015, buscando estimular a economia em desaceleração.

O banco central anunciou em seu site o corte da taxa de compulsório em 0,5 ponto percentual para todos os bancos, levando a taxa para 17 por cento para os maiores bancos do país. O corte terá efeito a partir de 1º de março.

(Reportagem por Kevin Yao)