Elétrica espanhola Abengoa tem prejuízo de 1,2 bi euros em 2015; dívida sobe

terça-feira, 1 de março de 2016 10:07 BRT
 

MADRI (Reuters) - A elétrica espanhola Abengoa, que está à beira de se tornar a maior falência de todos os tempos no país, anunciou na segunda-feira que sua dívida subiu em 492 milhões de euros no quatro trimestre de 2015, ano em que a companhia apresentou um prejuízo líquido de 1,2 bilhão de euros.

A companhia, que corre para fechar um acordo com bancos e detentores de seus títulos, disse que sua dívida bruta ao final de 2015 somou 9,395 bilhões de euros, alta ante 8,903 bilhões de euros no final de setembro.

A empresa, sediada em Sevilha, poderá entrar em insolvência se falhar em um amplo acordo de reestruturação de dívidas com seus credores até 28 de março.

A companhia já recebeu recursos emergenciais de alguns de seus credores nos últimos meses, após entrar com pedido preliminar de recuperação judicial em novembro, quando um potencial investidor desistiu de comprar uma fatia na empresa.

Enquanto as receitas de 2015 caíram 19,5 por cento para 5,76 bilhões de euros, o lucro operacional caiu 63 por cento, para 515 milhões de euros.

A Abengoa, que opera usinas solares e projetos de energia renovável em quatro continentes-- no Brasil a empresa atua principalmente em transmissão de energia-- tinha cerca de 28 mil empregados no mundo em 2015, ante 27 mil em 2014.

Os passivos financeiros da companhia caíram, no entanto, para 16,6 bilhões de euros, ante 25,2 bilhões de euros.

(Por Julien Toyer e Tomas Cobos)