Venda de veículos novos em fevereiro cai 21% sobre um ano antes, diz Fenabrave

terça-feira, 1 de março de 2016 18:34 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os licenciamentos de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus novos no Brasil em fevereiro caíram 5,5 por cento ante janeiro e 21 por cento na comparação com fevereiro de 2015, informou nesta terça-feira a associação de concessionárias, Fenabrave.

As vendas de fevereiro somaram 146.783 unidades levando os emplacamentos do primeiro bimestre a um recuo de 31,3 por cento ante mesmo período do ano passado.

Por segmento, as vendas de carros e comerciais leves em fevereiro somaram 142.068 unidades, queda anual de 20,5 por cento. Somando janeiro e fevereiro, o recuo no segmento é de 31 por cento, a 291.748 unidades. A Fenabrave para 2016 é de queda de 5,9 por cento.

Já os emplacamentos de caminhões e ônibus novos recuaram 34 por cento em fevereiro sobre um ano antes, a 4.715 unidades, acumulando no bimestre queda 39,5 por cento. A expectativa da entidade é de queda de 2,8 por cento em 2016 no segmento.

A indústria tem dito que espera um começo de ano bastante desfavorável para as vendas de veículos no país, diante das incertezas geradas pela crises econômica e política e de uma base de comparação mais difícil com o ano passado, mas avalia que haverá recuperação a partir de meados do segundo semestre.

"Os fatores (para a queda das vendas) prevalecem os mesmos, como a baixa atividade econômica, atrelada à alta da inflação, alto índice de endividamento das famílias, aumento do desemprego e consequente perda de confiança da população”, disse em comunicado o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

Ainda segundo a Fenabrave, os licenciamentos de motocicletas em fevereiro caíram 7,6 por cento ano a ano, a 86.643 unidades, acumulando no bimestre queda anual de cerca de 10 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

 
Fábrica em São Bernardo do Campo
 12/2/2015  REUTERS/Paulo Whitaker