Importações de soja pela China devem crescer 6% em 2015/16, diz Cofco

quarta-feira, 2 de março de 2016 16:01 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - As importações de soja pela China devem subir 6 por cento no ano até setembro de 2016 por aumento na demanda por ração animal, enquanto as compras de milho deverão cair, com o país adotando medidas para reduzir os estoques domésticos, disse um executivo sênior da indústria.

O país deve comprar 83 milhões de toneladas de soja em 2015/16, uma alta ante 78,35 milhões de toneladas um ano atrás, disse nesta quarta-feira o diretor administrativo da Cofco Futures, Wang Lin.

Isto se compara com a estimativa feita pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) de importações de 80,5 milhões de toneladas pela China. A China compra 60 por cento da soja negociada no mundo.

"As margens de lucro para criação de suínos são atrativas e esperamos que a demanda por ração para suínos na China se eleve ligeiramente", disse Lin em uma conferência do setor em Cingapura.

Para o milho, Lin disse que as importações da China devem cair, com o país adotando medidas para reduzir os estoques domésticos.

"Haverá cotas de importação para o milho, mas as compras serão reduzidas com o governo encorajando o uso de milho doméstico", disse ele.

(Por Naveen Thukral)