Corte de perspectiva da China pela Moody's carece de suporte de fatos, diz Xinhua

quinta-feira, 3 de março de 2016 07:31 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O corte pela Moody's da perspectiva da dívida do governo da China carece de suporte dos fatos, afirmou a agência de notícias oficial Xingua em um comentário publicado nesta quinta-feira.

A Moody's Investors Service cortou na quarta-feira sua perspectiva para a dívida do governo chinês para "negativa", de "estável", citando incertezas sobre a capacidade das autoridades de implementar reformas econômicas, a crescente dívida pública e a queda das reservas.