Novas chuvas favoreceram desenvolvimento de soja na Argentina, diz bolsa

quinta-feira, 3 de março de 2016 19:07 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - As chuvas que voltaram a cair na semana passada em grande parte da região agrícola da Argentina foram, no geral, favoráveis para a soja, que atravessa importantes fases de desenvolvimento, ainda que em algumas zonas tenham havido inundações, disse nesta quinta-feira a Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

A entidade estima que a produção de soja 2015/16 do país, o principal exportador mundial de óleo e farelo de soja, será de 58 milhões de toneladas.

"Novos registros de chuvas (...) fornecem umidade com um efeito positivo em nível global para a soja", na faixa norte da província de Buenos Aires e nas províncias de Córdoba, Santa Fé e Entre Rios, disse a bolsa em seu relatório semanal de safras.

Porém, as precipitações "também geraram excessos hídricos em nível regional nas regiões baixas do sul de Córdoba, o núcleo (agrícola) norte e no centro-oeste de Entre Rios", o que ocasionou algumas perdas, adicionou.

(Por Maximilian Heath)