Premiê da China diz que economia enfrenta dificuldades maiores em 2016, segundo rádio estatal

sexta-feira, 4 de março de 2016 08:56 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A economia chinesa está enfrentando dificuldades e desafios maiores em 2016, conforme o governo avança com reformas estruturais, disse o primeiro-ministro do país, Li Keqiang, nesta sexta-feira segundo a rádio estatal.

O governo vai manter o crescimento econômico dentro de uma "faixa razoável" este ano, disse Li.

O principal órgão de planejamento econômico da China disse que o governo vai estabelecer uma meta de crescimento entre 6,5 e 7 por cento este ano, confirmando uma reportagem da Reuters, e fontes disseram que as projeções de oferta de dinheiro e de inflação estão em linha com esta meta.

(Reportagem por Kevin Yao)