Fábrica de celulose da Klabin no Paraná inicia operações

segunda-feira, 7 de março de 2016 09:18 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A nova fábrica de celulose da produtora de papéis Klabin, no Paraná, iniciou as operações, com o primeiro fardo de celulose produzido em 4 de março, informou a companhia nesta segunda-feira.

A empresa disse que as obras da nova unidade foram executadas em 24 meses dentro do orçamento previsto, totalizando investimento de cerca de 8,5 bilhões de reais, incluindo infraestrutura, impostos e correções contratuais.

A fábrica na cidade de Ortigueira produzirá por ano 1,1 milhão de toneladas de celulose de fibra curta e 400 mil toneladas de fibra longa, parte convertida em fluff, usado na fabricação de absorventes e fraldas.

Em fevereiro, a empresa informou já ter vendido 100 por cento da celulose de fibra curta e 70 por cento da celulose do tipo fluff e de fibra longa a serem produzidas em 2016 pela nova fábrica, que tinha partida prevista para março.

Parte do escoamento da produção será feito por ferrovia até o porto de Paranaguá (PR). A unidade vai atingir geração de 270 MW de energia a partir de biomassa, dos quais 120 MW destinados à fábrica.

(Por Priscila Jordão)