Dados da China pressionam índices asiáticos, mas ações chinesas sobem pelo 6º dia

terça-feira, 8 de março de 2016 07:41 BRT
 

XANGAI/HONG KONG (Reuters) - As ações chinesas reverteram as perdas iniciais e subiram pela sexta sessão seguida nesta terça-feira, com uma abrupta mudança de direção do índice de startups ChiNext e uma alta das ações bancárias tirando os índices do território negativo nos últimos minutos de negócios.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen e o índice de Xangai subiram 0,09 por cento, após caírem mais de 2 por cento.

O índice ChiNext teve variações acentuadas, caindo mais de 4 por cento durante sessão e encerrando as operações com alta de 2,2 por cento.

Já no restante da região dados ruins da China pressionaram as ações depois de terem atingido a máxima de dois meses na sessão anterior, com investidores estavam mais cautelosos antes de reuniões dos principais bancos centrais.

Às 7:37 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,87 por cento.

A expectativa é de que o Banco Central Europeu afrouxe a política monetária na reunião de quinta-feira, mas há muita incerteza sobre até onde o banco irá. E nos Estados Unidos, antes da reunião da próxima semana de política monetária do Federal Reserve, banco central do país, os futuros da taxa de juros mal precificavam mais um aumento este ano.

As exportações de fevereiro da China decepcionaram os analistas ao recuarem 25,4 por cento em relação ao ano anterior, enquanto as importações caíram 13,8 por cento.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,76 por cento a 16.783 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,73 por cento a 20.011 pontos.   Continuação...