Investimento em equipamentos e construção impulsionam crescimento na zona do euro

terça-feira, 8 de março de 2016 08:57 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - Os investimentos em equipamentos e construções foram os principais motores do crescimento na zona do euro nos últimos três meses de 2015, ajudando a compensar a segunda contribuição negativa consecutiva do comércio.

A Eurostat confirmou nesta terça-feira sua estimativa anterior de que a economia dos 19 países que utilizam o euro cresceu 0,3 por cento no período entre outubro e dezembro, e revisou seu dado anual para 1,6 por cento, de 1,5 por cento.

Nos três meses anteriores, a economia também cresceu 0,3 por cento na comparação trimestral e 1,6 por cento na base anual.

No ano, o PIB expandiu 1,6 por cento, ante avanço de 0,9 por cento em 2014.

A formação bruta de capital fixo adicionou 0,3 ponto percentual ao PIB final do quarto trimestre, com 0,1 ponto percentual de contribuição de mudanças de estoque, gasto das famílias e consumo governamental.

O investimento bruto em capital fixo inclui compras de maquinário, melhorias de terras e construção de infraestrutura.

Entretanto, o comércio internacional subtraiu 0,3 ponto percentual, já que as importações cresceram mais do que as exportações.

(Reportagem por Philip Blenkinsop)